O problema dos ‘remakes’ da Disney

As salas de cinema de todo o mundo têm sido invadidas por uma onda de remakes de filmes animados que é cada vez mais difícil ignorar.

Screenshot via Disney

Apesar das primeiras adaptações terem sido produzidas há mais de duas décadas, nos últimos anos a Disney tem investido em força nas adaptações em imagem real dos seus clássicos animados. Só em 2019 tivemos o Dumbo, o Aladdin e O Rei Leão e já existem pelo menos mais duas com a data de estreia definida: Maléfica: Mestre do Mal chega-nos a 19 de outubro e Mulan a 26 de março de 2020.

Embora quase todas tenham sido sucessos respeitáveis de bilheteira, a crítica tem se mostrado dividida em relação à qualidade e à necessidade destes remakes.

Este vídeo fala sobre este fenómeno, refletindo sobre os méritos da animação e tenta perceber porque é que as adaptações da Disney têm deixado tantos espetadores divididos.

(Nota: este vídeo é da autoria de J.B. Martins e foi produzido para o canal de cinema Cineblog no YouTube, e é aqui partilhado com a devida autorização.)