Novembro é o mês de te desafiares a escrever um romance. Aceitas?

Na língua inglesa, Novembro é o National Novel Writing Month e realiza-se desde 1999. O desafio destina-se a todos os aspirantes a escritor e pretende dar-lhes uma motivação extra para escrever todos os dias.

O desafio chama-se NaNoWriMo. Porquê? Trata-se de uma sigla para o que na língua inglesa é o National Novel Writing Month. A iniciativa tem mais de 20 anos, realiza-se desde 1999 em Novembro e serve para que todos os aspirantes a escritor tenham uma motivação extra para escrever todos os dias. Detalhe interessante (e importante), em Português “novel” traduz-se como “romance” e não como “novela”.

Chamemos-lhe uma maratona de um mês:

Desafios mensais com origem na internet e nas redes sociais há muitos, com o “Inktober”, para pintar e desenhar durante os 31 dias de Outubro, ou outros desafios mais relacionados com a saúde, como o “Sober September” para promover a abstinência de bebidas alcoólicas por um mês completo. No Shifter até já vos apresentámos outros relacionados com escrita, como o Morning Pages, que te convida a despejar a cabeça para o papel todas as manhãs em 750 palavras, deixando espaço para o que realmente importa.

Quanto ao NaNoWriMo, achámos que era daquelas tradições que valia a pena adoptar, porque tudo o que for para incentivar hábitos criativos e saudáveis merece ser celebrado. Mais concretamente, este desafio apela a todos os potenciais escritores com estórias para contar mas a precisar de um empurrão. Eis as regras:

  1. Começa às 00h00 do dia 31 de Outubro para 1 de Novembro e termina às 23h59 do dia 30 de Novembro (hora local).
  2. Ninguém pode começar antes e o desafio acaba exatamente 30 dias após o começo mencionado.
  3. Os romances têm de ter um mínimo de 50 000 palavras antes do fim de Novembro para poderem vencer o desafio. Podem ser as 50 000 palavras de uma novela completa ou do início de uma novela.
  4. Planeamento e notas são permitidas, mas nenhum material pode ser inserido no corpo do romance antes do 1º de Novembro.
  5. Os romances dos participantes podem ter qualquer tema, tipo de ficção ou linguagem. Tudo, desde “fanfiction”, que usa personagens criadas por outros, poemas épicos e até metaficção (romance onde o objectivo é lembrar o leitor que está sempre na presença de uma obra de ficção); de acordo com as perguntas/respostas frequentes, “Se acreditas que estás a escrever um romance, nós acreditamos que estás a escrever um romance.”

Há mais regras, sugestões e recursos no site oficial. A plataforma providencia as ferramentas, a estrutura, a comunidade e o encorajamento necessários para ajudar os autores. Desde o início, 46% dos participantes completaram o desafio das 50 000 palavras.

Aceitas o desafio? Se estiveres interessado em participar envia-nos um e-mail para NaNoWriMo@shifter.pt com o assunto “NaNoWriMo: Eu aceito”, se juntarmos um número de participantes considerável pode ser que tenham uma surpresa nos próximos dias.

Os seis memorandos de Italo Calvino para os escritores deste milénio