Shifter Zine: uma edição em papel do Shifter para imprimires como quiseres

É um projecto que ainda estamos a desenvolver mas com algumas certezas: queremos que seja uma zine feita por e para ti, com instruções de como imprimir e onde agrafar, por exemplo; e eventualmente cada pessoa poderá escolher as páginas que quer e fazer uma edição personalizada.

Há seis anos, neste exacto dia, o Shifter nasceu como uma publicação digital e durante este tempo todo desenvolvemo-nos nesse ambiente por vezes ingrato mas tantas vezes mágico. A tecnologia e o online dão-nos possibilidades infinitas, podemos chegar além fronteiras ou desenvolver conteúdos que interagem uns com os outros ou com a audiência. Todavia, gostamos do papel e acreditamos que tem vantagens em relação ao digital: não fica sem rede ou bateria, não há notificações a distrair a leitura, pode ser aproveitado sem uma luz directa nos nossos olhos e também há muita magia na tradição.

Inúmeras publicações digitais têm versões físicas, com tiragens fixas e distribuição global. Isso significa que, por um lado, são impressos jornais e revistas mesmo que não sejam vendidas e, por outro, há um impacto ambiental relacionado com o transporte desses materiais até às bancas e a devolução dos exemplares não vendidos. No Shifter há algum tempo que queríamos fazer uma edição impressa e queríamos fazê-lo de forma absolutamente sustentável. Assim optámos por uma estratégia diferente: uma pequena revista “faz-tu-mesmo” e impressa localmente, única e exclusivamente por quem quer.

É um projecto que ainda estamos a desenvolver, no âmbito do #Shifter2020, mas que testámos durante o último fim-de-semana na feira ConteXta, que decorreu no Palácio Baldaya, em Benfica, onde temos o nosso escritório. Desenhámos um Número 0 que, no local, imprimíamos gratuitamente e oferecíamos a quem nos pedisse uma. Esse Número 0 inclui uma selecção de conteúdos que estão disponíveis em shifter.pt, mas que foram resumidos para caberem em oito páginas A5, impressas, frente-e-verso, em quatro folhas A4. Tivemos o cuidado de fazer algo o mais sintético possível porque queremos que as edições impressas do Shifter não consumam demasiados recursos.

Ainda não sabemos quantas páginas cada Número terá, nem exactamente como os vamos fazer. Estamos também a estudar uma periodicidade, que poderá ser mensal, bimensal ou outra. Estamos certos do formato “zine”, isto é, uma pequena edição impressa e independente. Queremos que seja uma revista feita por ti e para ti, com instruções de como imprimir e onde agrafar, por exemplo; e eventualmente cada pessoa poderá escolher as páginas que quer e fazer uma edição personalizada. Naquilo que tem sempre sido o espírito do Shifter, também a nossa Zine é para ser construída contigo e a com a tua ajuda, em mais um passo para tornar o projecto aquilo que sempre sonhámos, sempre de mãos dadas com quem gosta de nos ler.

Por agora, estamos a disponibilizar o Número 0 que apresentámos no ConteXta. Podes descarregar em baixo duas versões diferentes em PDF, imprimir e dar-nos feedback através do e-mail comunidade@shifter.pt, do Twitter @LabShifter ou do Instagram.

Esperemos que gostem!