Cimeira pela emergência climática junta “pessoas sem fato-e-gravata” em Lisboa

A Ethical Assembly é uma cimeira de três dias com uma programação composta por palestras, painéis de discussão, oficinas de trabalho, exibições de filmes e outras actividades que terão sempre o ambiente como pano de fundo.

Em Setembro, os principais líderes mundiais juntaram-se na Cimeira de Acção Climática, uma organização das Nações Unidas onde muito se falou e pouco se fez. Dois meses depois, uma outra cimeira sobre o clima vai realizar-se, desta vez em Lisboa e mais uma vez sem “engravatados”. Serão “pessoas comuns”, malta que profissionalmente ou como forma de activismo se preocupa com as questões do ambiente e da sustentabilidade, a dar corpo à Ethical Assembly, que decorrerá em semana de Web Summit, entre os dias 8 e 10 de Novembro.

A Ethical Assembly é uma cimeira de três dias com uma programação composta por palestras, painéis de discussão, oficinas de trabalho, exibições de filmes e outras actividades que terão sempre o ambiente como pano de fundo – alterações climáticas, conservação da Natureza, tecnologia limpa, economia partilhada, design circular e moda consciente serão alguns dos ‘chavões’ que se poderão ouvir nesta assembleia verde.

Convidados estão pessoas que costumam meter as “mãos na massa”, entre cientistas, especialistas, activistas, empreendedores e artistas. A Ethical Assembly vai ter lugar no espaço Gate 67, na Rua da Manutenção, em Lisboa, e os bilhetes por dia custam 10-15 euros; o passe para os três dias fica a 35 euros. Mas sabes que mais? Cada bilhete vendido irá resultar na plantação de uma árvore na floresta portuguesa, fruto de uma parceria com a entidade sem fins lucrativos Wildlings & Gone West, que prevê plantar mais de 2 mil árvores (espécies nativas) na região Centro.

Podes descobrir a programação da Ethical Assembly em detalhe nesta página e ver aqui os principais destaques. Além das palestras, painéis e workshops, o evento terá a exibição de alguns filmes relacionados com a temática da sustentabilidade, uma festa com música ao vivo no sábado à noite, uma loja só com produtos e marcas amigas do ambiente, uma troca de roupa no domingo de manhã e um cantinho para livros “verdes” recheado de obras obrigatórias para todos os ambientalistas.

Existirão ainda alguns trabalhos artísticos em exposição; a saber: uma mostra fotográfica sobre o degelo na Gronelândia, da eslovaca Natalia Horinkova; uma colecção de ilustrações sobre protecção das espécies e do meio ambiente, de Lisa Marques; e uma selecção de esculturas de animais em fio metálico, de Sebastião Lobo. Quanto às palestras, a Ethical Assembly conta com oradores portugueses e internacionais, como Garrett & Nicole McNamara, Tony Butt e Lynn Mylou, entre outros.

A Ethical Assembly é organizada com preocupações redobradas do ponto de vista do impacto ambiente do evento. Não existirá plástico de utilização única no evento e os participantes são incentivados a trazer os seus copos, garrafas de água, utensílios, sacos e outros objectos que necessitem. Toda a comida e bebida disponível será de pequenos vendedores, locais, artesanais e na medida do possível orgânico. Todo o excesso de comida produzido pelo evento será doado a uma associação de alimentação de sem-abrigos. Haverá caixotes de reciclagem e de compostagem; e todo o lixo de compostagem será doado para pequenas quintas. Além disso, o evento não conta com apoios de grandes multi-nacionais porque a organização do mesmo diz rejeitar o chamado “greenwashing”.

A Ethical Assembly celebra a sustentabilidade e o impacto social e, reunindo alguns dos nomes mais relevantes da área, pretende promover o debate em torno destas questões incontornáveis da atualidade, dando ferramentas concretas aos participantes. Os bilhetes podem ser adquiridos aqui.