Como limpar e desinfectar o telemóvel

Em contexto de epidemia, mas também numa situação normal, a limpeza do telemóvel é importante para a saúde pública e para se evitar a propagação de doenças.

Foto de Erik Mclean via Unsplash

Usamo-lo para tudo e mais alguma coisa, tocamos nele, deixamo-lo em cima de superfícies, encostamo-lo à cara. O telemóvel será, para muitos de nós, dos objectos que mais usamos no dia-a-dia e é também um portador discreto de bactérias e vírus. Em contexto de epidemia, mas também numa situação normal, a limpeza do telemóvel é importante para a saúde pública e para se evitar a propagação de doenças.

Os telemóveis sujam-se com facilidade, até porque os pousamos numa panóplia de sítios e contextos, e às vezes damo-lo para as mãos de terceiros. Mas imagina esta situação: alguém infectado com Covid-19, ou outro vírus, por exemplo, o da gripe, toca na maçaneta de uma porta e que de seguida também tu usas essa maçaneta; depois usas o telemóvel, entretanto lavas as mãos mas voltas depois a pegar no telemóvel. Apesar da tua boa prática de higiene, o telefone pode ter lá o vírus ou bactéria que transportaste da maçaneta antes de lavares as mãos – esses vírus e bactérias podem ser bastante persistentes.

No fundo, os telemóveis estão sujos mesmo que pareçam limpos ao nosso olho humano e podes ter alguns cuidados de limpeza. A Apple disponibiliza um guia prático sobre como podes limpar e desinfectar o teu iPhone ou computador da marca; a Google faz o mesmo para os seus equipamentos Pixel, ainda que de forma menos exaustiva.

Cada telemóvel é um telemóvel, pode ser feito com certos materiais e ter uma determinada construção. Contudo, há muitos elementos comuns e podemos deixar algumas dicas genéricas para a limpeza de qualquer aparelho:

  • utiliza panos macios e que não libertem pelos. Evita panos, toalhas ou toalhetes que possam arranhar;
  • desliga o telemóvel antes da limpeza e não o tenhas ligado à tomada. Desliga também todos os cabos que possas ter conectados;
  • não borrifes directamente o telemóvel, nem uses aerossóis, lixívias ou outros produtos de limpeza abrasivos;
  • evita estar constantemente a limpar o telemóvel, isso pode danificá-lo;
  • tem cuidado com as aberturas, evitando deixe entrar humidade.

Se tiveres uma capa de silicone podes limpá-la mais frequentemente, mas tem atenção para usares panos macios que não libertem pelos e segue as mesmas recomendações de limpeza indicadas para o telemóvel. Importante: garante que a capa está efectivamente seca antes de a colocares de novo no teu equipamento.

A Apple diz que podes usar desinfectantes de álcool isopropílico até 70% nos seus equipamentos, desde que tenhas os cuidados já descritos anteriormente, como não deixar que o produto apanhe as aberturas do telefone. As mesmas indicações deverão ser válidas para telemóveis de outras marcas e fabricantes. Não precisa de ser um desinfectante caro ou específico; poderás encontrar soluções baratas no mercado que cumprem a função.

Últimas dicas: considera lavar as mãos mais vezes, incluindo depois de manuseares o telemóvel. Tenta também não usar tanto o telemóvel, talvez.

Milhares de pessoas seguem o Shifter diariamente, apenas 50 apoiam o projecto directamente. Ajuda-nos a mudar esta estatística.