The Kids Write: como os miúdos estão a viver o isolamento

The Kids Write é um espaço onde as crianças podem contar as histórias da sua vida em isolamento e compartilhá-las com o mundo, ao mesmo tempo que lêem histórias de outras crianças para assim perceberem que, apesar das diferenças, estamos todos juntos a passar pelo mesmo.

Foto de Josh Applegate/via Unsplash
Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

David tem 8 anos e vive em Liverpool, Inglaterra. Diz que não se importa que a escola esteja fechada e até agradece o tempo chuvoso, porque gosta de estar em casa. Tem saudades de jogar futebol. Noah tem 10 anos e vive em Tel Aviv, Israel. Sente falta do seu melhor amigo e diz que, por uma vez na vida, tem vontade de ir para a escola. Chloe tem 9 anos, e diz que todos os parques em Melbourne, Austrália, onde vive, estão fechados e que isso a deixa muito aborrecida. Oscar tem 11 anos e vive em Toronto, no Canadá. Tem tido uma quarentena bastante ocupada, com sessões de Netflix e festas de pijama virtuais com os amigos e primos. A também canadiana Elizabeth, de 10, tinha mudado de escola em Novembro e está triste, porque foi para casa na altura em que finalmente começava a fazer amigos.

As suas histórias estão em The Kids Write, um site criado pela escritora canadiana Jeni Armstrong, responsável pelos discursos de Justin Trudeau entre 2013 e 2018, e pelas comunicações do Ministério canadiano das Finanças até Fevereiro de 2020, altura em que diz “decidiu dar um tempo à política”. É que, no meio do seu valorado currículo, Jeni também é mãe, e com a situação de Estado de Emergência e consequente confinamento em casa, teve de passar a orientar as tarefas escolares dos filhos, como tantas outras mães.

No site, conta que, tendo em conta a sua profissão, a primeira tarefa que propôs a Seve (10 anos) e Juno (8) era óbvia: escrever 50 palavras por dia num diário sobre o que quisessem. Depois disso, Jeni teve a ideia de pedir aos filhos que escrevessem postais para os familiares que vivem espalhados pelo mundo, mas a dificuldade de enviar e receber correio neste contexto levou-a à ideia de criar o projecto The Kids Write.

O seu objectivo é que o site seja um espaço onde as crianças possam partilhar as histórias da sua vida em isolamento com o mundo ao mesmo tempo que lêem histórias de outras crianças e ficam a conhecer outras realidades, para também assim perceberem que, apesar das diferenças, estamos todos juntos a passar pelo mesmo.

No site é possível consultar as entradas de forma cronológica, ou pesquisá-las por país. Até agora, já enviaram as suas histórias crianças de países como o Canadá, a Austrália, Estados Unidos da América, Nova Zelândia, Índia, Itália ou Escócia, mas o projecto não se cinge à língua inglesa; há também entradas escritas em francês, por exemplo.

A criadora de The Kids Write explica no site que é importante para si garantir a privacidade e segurança de todas as crianças participantes e que, por isso mesmo, todo o conteúdo publicado – das histórias aos comentários – está sujeito à sua aprovação.

Porque a sua ideia nasceu de um propósito educativo, Jeni também usa o site para ir lançando algumas tarefas para as crianças que queiram participar, uma espécie de trabalhos de casa relacionados com escrita.

The Kids Write ajuda as crianças a escrever a História em tempo real e para nós, adultos, ajuda-nos a lembrar a beleza que há em viver um momento global como o que vivemos agora com a ingenuidade de um miúdo.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.