IKEA lança experiências para mudar a forma como interagimos com a nossa casa

O objectivo destas experiências da IKEA é explorar como podemos usar os avanços da tecnologia para tornar as nossas casas um pouco mais organizadas, mais sustentáveis, privadas, úteis ou intuitivas.

 
Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

A IKEA e o seu hub externo de inovação, o Space10, lançaram o projecto Everyday Experiments, uma série contínua de propostas e protótipos digitais que exploram como as tecnologias de amanhã podem redefinir a vida em casa. Até ao momento, a coleção inclui 18 experiências, criadas por designers independentes e estúdios, que aplicam a tecnologia mais recente disponível hoje em dia aos detalhes da experiência quotidiana, usando mecanismos como inteligência artificial ou realidade aumentada.

Alguns exemplos incluem o projecto “Extreme Measures” (Medidas Extremas, em português), uma maneira divertida de calcular as dimensões de um determinado espaço através de um elefante insuflável; o “Optical Soundsystem” (Sistema de Som Óptico), do estúdio ManvsMachine, um protótipo de design especulativo para um aplicativo de realidade aumentada (AR) que permitiria “ver” a música que está a tocar numa determinada divisão; ou um dos aplicativos nas propostas da Bakken & Bæck, que inclui uma lâmpada que pode alertar-nos sobre o nível de poluição do ar.

via everydayexperiments.com
via everydayexperiments.com

O objectivo destas experiências é explorar como podemos usar os avanços da tecnologia para tornar as nossas casas um pouco mais organizadas, mais sustentáveis, privadas, úteis ou intuitivas. Criadas em colaboração com estúdios inovadores de design e tecnologia em todo o mundo, as propostas procuram maneiras de aproveitar o dia a dia e torná-lo extraordinário. A iniciativa espera reverter os nossos preconceitos de que a tecnologia pode ser pouco confiável, intrusiva ou confusa e provar que, na verdade, pode ser pacífica, útil, segura e sustentável, se for criativa. Algumas das experiências são propositadas simples e minimalistas, correndo num par de linhas de código para que, de certa forma, cada pessoa se sinta capaz de desenvolver as suas próprias aplicações caseiras no futuro.

via everydayexperiments.com

O diretor criativo do Space10, Bas van de Poel, refere: “O lar – especialmente nos dias de hoje – desempenha um papel importante na maneira como desenvolvemos as nossas interações e relacionamentos quotidianos. Acreditamos que, quanto mais aprendermos sobre a próxima curva de design e inovações tecnológicas, mais poderemos ajudar as pessoas a tornar a vida de amanhã em casa e uns com os outros, ainda melhor.” 

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.