Este site diz-te a que horas podes ver o satélite da Starlink a passar por tua casa

Os satélites da Starlink são altamente visíveis a partir da Terra, pela sua baixa órbita.

Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

A par do desafio de tornar as viagens para o espaço mais acessíveis, e potencialmente comercializáveis, a SpaceX de Elon Musk propôs-se a uma outra aventura. Chama-se Starlink e é um projecto que consiste no lançamento de satélites para criação de constelações artificiais em órbita para prover uma nova rede de internet de baixa latência. No total, a SpaceX espera lançar cerca de 12 mil satélites para este feito, até agora já estão 300 em órbita e a sua presença não passa indiferente.

A visibilidade dos satélites Starlink tem gerado reações para todos os gostos. Os satélites da Starlink são altamente visíveis a partir da Terra, pela sua baixa órbita e, por isso, têm sido alvo de críticos por parte de astrónomos e outros observadores do espaço por poderem comprometer as suas observações. Sendo que a observação especial vive da análise dos contrastes do fundo escuro do céu com os pequenos de luz emitidos por corpos celestes, os astrónomos temem que a poluição visual criada por estes – e por outros satélites privados e comerciais – possa dificultar e muito o seu trabalho. Por outro lado, os entusiastas de Musk e deste seu projecto, têm enchido a internet com capturas fotográficas deste comboio espacial e dicas sobre como o ver.

Com tudo isto surgiram ferramentas que te permite saber onde está o Starlink a cada momento e quando podes ver a partir da janela de tua casa – caso não vivas num sítio com demasiada poluição luminosa. Chama-se findstarlink.com e só precisas de colocar a tua morada no motor de pesquisa do site para que ele te diga quando o satélite passar sobre ti, em que direção e em que condições de visibilidade.

Quer sejas dos que estão preocupados com a poluição luminosa gerada pela nova corrida ou espaço ou dos entusiastas, esta é uma oportunidade de olhares para o céu e testemunhares com os teus próprios olhos as mudanças que o homem provoca a cada dia na terra… e agora no céu.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.