ūüé¶ Ativismo e jornalismo, h√° rela√ß√£o? ‚Äď Conversas Impr√≥prias #4

Vê ou revê aqui o quarto Conversas Impróprias.

 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Jornalismo e activismo podem conviver? Um jornalista pode ser activista? Para a quarta das Conversas Impróprias, um ciclo que resulta de uma parceria inédita entre o Shifter e o Gerador, colocámos estas e outras perguntas a jornalistas/activistas da Mídia Ninja, Bantumen e Jornal Mapa.

O Oliver Kornblihtt (Mídia Ninja), a Marisa Mendes Rodrigues (Bantumen) e o Francisco Colaço Pedro (Jornal Mapa) juntaram-se ao João Ribeiro (Shifter) para uma conversa a quatro sobre as contingências, o limites, e o equilíbrio entre o papel do jornalista e do ativista. Podes ver aqui:

A próxima edição das Conversas Impróprias estará a cargo do Gerador e vai acontecer no dia 21 de Novembro, sábado, às 11 horas. Revelaremos os detalhes desse encontro mais próximo da data, mas iremos falar sobre a formação em jornalismo em Portugal.

Junta-te ao nosso grupo de WhatsApp e subscreve aqui o nosso boletim para receberes as novidades das Conversas Impróprias por e-mail.

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribui√ß√Ķes mensais recorrentes para assegurar o sal√°rio aos seus 2 editores. O teu apoio √© fundamental!