As manifestações na Polónia pela lente analógica de André Serrano

"Sou um fotógrafo apaixonado por fotografia analógica e esta é a minha contribuição."

 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.
Vivo há 7 anos na Polónia, em Lodz, bem no centro do país, a terceira maior cidade e onde todos os dias as ruas se enchem de gente de todas as idades, para lutar por direitos humanos. A democracia parece desvanecer-se cada vez mais com o passar dos dias. Desde o controlo das mais altas instâncias judiciais pelo governo, passando por LGBT Free Zones, ao aborto e ao controlo dos meios de comunicação. Sou um fotógrafo apaixonado por fotografia analógica e esta é a minha contribuição para com esta luta.
O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!