O Shifter é um órgão de comunicação social e quer afirmar-se como um estúdio editorial cooperativo, criativo e socialmente comprometido.

Queremos dar tempo e espaço a novas perspectivas e narrativas. Queremos agitar o imaginário social e ser uma plataforma para quem, mais do que notícias, procura novas ideias, assuntos e argumentos.

COOPERATIVO

Open source, à vista de todos, para que possam criticar, sugerir, contribuir, melhorar… Ou até re-utilizar.

INDEPENDENTE

Um meio de comunicação social alternativo deve ser independente e aberto à participação da comunidade.

CRIATIVO

Contar histórias, apontar tendências, gerar debates e inspirar reflexões é mais do que informar.

Queremos consolidar o compromisso de alimentar uma massa crítica e participativa na sociedade, envolver a comunidade e inovar na forma de criar e distribuir conteúdo interessante, relevante e rigoroso. Acompanha a nossa mudança.

O Shifter é uma plataforma mediática futurista. Informa sobre a sociedade, a tecnologia que a domina e as mudanças sociais que a era digital nos trouxe.

Não lamenta – prefere contextualizar dando sentido ao nosso tempo. Com interesse em histórias verdadeiras e em explicações sinceras, o Shifter quer explicar o mundo enquanto o entende e quer que o acompanhes nesta viagem.

O Shifter não está preocupado em ser o Shifter, está preocupado com os limites da sua plataforma informativa, com os interesses dos seus leitores, com o sentido do mundo actual.

Escreve para abrir os olhos dos seus leitores para o mundo, mas não tem problemas em dizer-lhes onde errou. Ouve o que lhe dizem. Aprende com os erros. Melhora a olhos vistos. Corta com a ideia instituída de que o jornalismo tem sempre razão. Não acreditamos em deuses quando o assunto é entender o mundo.

O Shifter faz jornalismo de futuro. Em diferentes meios. Mergulha no abismo tecnológico para perceber o que se passa. Faz reset e shut down. Olha para a sociedade e explica-te o que se está a pensar. É jovem, mas é um jovem responsável. Alavanca os melhores projectos e as grandes ideias. Quer dar a conhecer o melhor e o pior do que o rodeia – sociedade e comunidade.

O QUE ANDAMOS A CRIAR

Aqui vamos publicando tudo o que estamos a fazer e tencionamos fazer. Assim, podes ir acompanhando e sabes como contribuir.

20/08/2019. Publicámos as nossas inspirações.

16/08/2019. Queremos perceber como são os teus hábitos de consumo de informação. Se puderes e tiveres interesse, responde a 👉 este questionário.

14/08/2019. Não queremos pensar no que o Shifter deve ser sozinhos! Na próxima semana vamos publicar questões no 👉 Twitter e no Instagram 👈 para sondar as tuas preferências!

8/08/2019. Publicámos um breve texto sobre o que somos e o que queremos ser.

6/08/2019. Publicámos o nosso manifesto nas redes sociais.

29/07/2019. Queremos saber o que achas que um órgão de comunicação deve ser. Vai até ao nosso Twitter e Instagram e fala connosco! 👩‍💻

29/07/2019. Estamos a afixar a nossa mensagem em Lisboa e no Porto.

O QUE ESTAMOS A FAZER

O QUE ESTÁ FEITO

A RECOLHER FEEDBACK

ESTAMOS NO COMEÇO DA MUDANÇA
9%

Últimas Novidades

Escrevemos alguns textos para compreenderes melhor esta mudança, a nossa filosofia e as ambições que temos. Falamos também um pouco dos bastidores aqui.

Passa a Palavra

Acreditamos no digital mas vivemos no analógico. Descarrega os pósteres em baixo, imprime-os e cola-os na tua rua; ou partilha nas tuas Instagram Stories e espalha a mensagem da mudança.

Ficaste com dúvidas?

Se és novo por estas andanças e não estás bem a par do que é o Shifter ou ficaste com alguma dúvida em relação ao que te dissemos, esta secção é para ti.

O que é o Shifter?

O Shifter surgiu em 2013 como um órgão de comunicação social que publica online, em shifter.pt. Em português, o Shifter surgiu vocacionado para a geração digital e com uma missão clara: acompanhar e compreender o presente para preparar com consciência o futuro.

A construção do Shifter tem sido um processo contínuo. Ao longo destes cinco anos, fomos errando e aprendendo, com o esforço e ambição de, no final do dia, apresentarmos um produto melhor. Desde cedo, quisemos ocupar uma lacuna existente no mercado de jornalismo português: a inexistência de um jornal/revista digital que falasse para a nossa geração.

Quem é o dono do Shifter?

O Shifter é um órgão independente de poderes políticos ou económicos, que responde apenas por si próprio. A estrutura financeira do Shifter é uma empresa, a Shifter Generation, detida pelo co-fundador do projecto, Mário Rui André.

Quem é a equipa do Shifter?

O Shifter tem como director João Ribeiro e director-adjunto Mário Rui André. A Rita Pinto é editora-chefe. De resto, o Shifter conta com uma equipa de colaboradores voluntários. Somos um colectivo editorial. Um grupo de pessoas que valoriza a palavra, que quer ser ouvido, e que quer que os seus interesses e preocupações tenham tempo e espaço no universo mediático.
Queremos ter os melhores e que cada um possa dar o seu melhor.

Porque é que o Shifter está a mudar?

Somos ambiciosos e achámos que o projecto não estava no ponto. Decidimos olhar para trás e repensar tudo o que fizemos até agora. Fizemos uma espécie de auto-avaliação e ouvimos o que as pessoas também nos íam dizendo. Sentimos ser necessário olear procedimentos e reorganizar algumas coisas. O que queremos apresentar é uma marca mais fresca e mais segura de si mesma, mas também um Shifter mais limpo e estruturado, com um site renovado, uma comunicação mais apelativa e novos produtos informativos.

Porque é que querem a minha participação?

Acreditamos que precisamos de nos unir e de trabalhar em conjunto, porque só juntos conseguiremos criar uma alternativa na comunicação social em português, porque só juntos conseguiremos formar uma massa crítica. Há malta com boas ideias, iniciativas do caraças e uma energia invejável; é tempo de nos unirmos e de fazer do Shifter um bem comum. Afinal de contas, ninguém quer ficar rico a fazer isto; não temos fins lucrativos aqui.

Como posso contribuir?

Com ideias e com vontade. Vamos estar a mudar o Shifter mas não vamos estar a mudá-lo sozinho. Queremos o teu feedback a cada passo que iremos dar e que vamos comunicar nesta página, na secção “O QUE ANDAMOS A CRIAR”. Diz-nos o que achas, fala connosco no Instagram, Twitter ou por e-mail. Responde aos nossos desafios. Cola os cartazes e passa a palavra.

Feito com ❤️ pelo Shifter

E alojado com ❤️ pela WebHS