O ovo que bateu recordes de ‘gostos’ partiu-se por uma boa causa

Eugene tornou-se protagonista de uma campanha global sobre saúde mental, nomeadamente no contexto das redes sociais.

Eugene, o ovo que em Janeiro foi notícia por ter batido o recorde no Instagram de foto com maior número de gostos, acaba de voltar às notícias. O ovo, que tem agora mais de 10 milhões de seguidores no Instagram, foi o protagonista de uma campanha publicitária durante o Super Bowl LIII , a final de futebol norte-americano que decorreu este fim-de-semana, numa revelação de que tudo não passava de uma campanha publicitária.

O anúncio foi promovido pelo serviço de streaming Hulu durante a competição desportiva, mas a sua mensagem é da organização sem fins lucrativos Mental Health America. O clip de 30 segundos, disponibilizado entretanto na conta de Instagram @worldrecordegg, pretende recordar a importância da saúde mental, nomeadamente no contexto das redes sociais. “Recentemente comecei a partir. A pressão das redes sociais está a atingir-me. Se também está a acontecer contigo, fala com alguém” – é esta a mensagem que o curto vídeo procura passar.

Ao longo das últimas semanas, no Instagram de Eugene tinham sido publicadas imagens do ovo a estalar, em jeito de teaser. Se a foto original – aquela que bateu recordes – soma já mais de 52,1 milhões de likes, as seguintes tiveram números a oscilar entre os 11 e os 5 milhões de gostos.

A campanha publicitária saiu ao mesmo tempo que uma entrevista ao New York Times (NYT), em que é revelada a identidade dos autores de Eugene. O ovo foi criado por Chris Godfrey, um criativo publicitário de 29 anos que trabalha na agência The & Partnership, em Londres, em conjunto com dois amigos – Alissa Khan-Whelan e C.J. Brown. Ao NYT explicaram que, depois do hype obtido com a brincadeira do recorde de likes, foram abordados pela Hulu, que pagou o desenvolvimento da campanha. Chris e os amigos queriam que ela passasse uma mensagem positiva em vez de algo puramente comercial – estima-se que Eugene, o ovo do Instagram, valha 10 milhões de dólares.

Apesar de a campanha ter sido nos EUA atribuída à Mental Health America, no Instagram ela assume uma abrangência global. O vídeo leva os utilizadores para o website talkingegg.info, onde podem obter ajuda no campo da saúde mental independentemente de onde estejam, apesar da restrição das sugestões à língua inglesa.